terça-feira, 31 de agosto de 2010

Historiomatica 4

São duas horas da manhã. “Grande coisa” grita a menina na novela na televisão. Ela não sabe o que estou pensando. Ela fala de um boato e eu penso nas horas. As horas passam tão rápidas que não se pode mais nem acender velas durante o jantar. É uma pressa inútil essa que te leva pra esses lugares de tempos pequenos. Eles não estabelecem vínculos com o sabor da comida sobre a mesa. E sem velas é pior ainda. Sem velas a comida fica tão clara e a sala fica tão obvia. As velas acendem o paladar e disfarçam as imperfeições da face flácida. O fato é que o tempo das velas é diferente por que não se mede. E o que não se mede não se pensa.

2 comentários:

|Fly| disse...

Me dá o ócio para ver o fogo queimando o tempo apaixonado!

Ainda não sei...... disse...

Uau!!!!